Rancho Queimado SC (48) 4052 9209 | São Paulo SP (11) 3522 6943 | Florianópolis SC (48) 4052 9209 | Plantão TIM (48) 9982 3401
Logotipo IMMB

Aos 73 anos, Taneo Campos esbanja saúde e acumula medalhas ao redor do mundo


Coronel aposentado do Corpo de Bombeiros, nadador da região coleciona vitórias em piscinas americanas e europeias e se caracteriza com exemplo no esporte e na vida

Lincoln Chaves

Segundo o Ministério da Saúde, um em cada cinco homens acima dos 65 anos do Brasil realiza alguma espécie de exercício físico durante o tempo livre. Índice que apesar de superar o apresentado pela turma entre 45 e 54 anos (13%), é bem inferior aos 27,6% registrados entre os rapazes de 18 a 24 anos. Números que confirmam a máxima: à medida que envelhece, o ser humano caminha ao sedentarismo.

Mas Taneo Campos é exceção. Não só porque a prática de exercícios acompanha sua vida desde a infância, mas pelo fato de justamente no momento em que poderia se render à sombra e água fresca da aposentadoria após 31 anos de serviços como bombeiro, ter aproveitado para se dedicar ainda mais ao esporte — especificamente à natação, modalidade na qual tem competido em torneios internacionais regularmente há cerca de uma década. E nas águas, coronel Taneo ignora seus 73 anos e vira gigante.

Vicentino de nascimento, mas residente em Santos, ele perdeu a conta de quantas medalhas ganhou desde 2001, quando participou pela primeira vez, em Indianápolis (EUA), do World Police & Fire Games, uma Olimpíada para policiais e bombeiros. Desde então, marcou presença de 2003 a 2011 (o evento ocorre a cada dois anos), sempre trazendo medalhas douradas.

\"Quando me aposentei e passei para a reserva do Corpo de Bombeiros, fui morar nos Estados Unidos até o começo da última década, para trabalhar com exportação. Eu já praticava esportes, mas não tinha ideia da competição. Aí em 2001, um colega me convidou para participar do World Police & Fire Games daquele ano. Fiz um treino de uns dois meses e dei sorte: ganhei quatro ouros (risos)\", relembra.

Prateleira na casa de Taneo é recheada de medalhas obtidas em piscinas de todo o mundo. Foto: Lincoln Chaves

Taneo também é participante assíduo, desde 2006, dos Jogos Mundiais de Bombeiros. No evento, apesar dos 73 anos, compete com nadadores a partir dos 60 anos. Mas quem disse que isso faz diferença? Na edição de 2010, por exemplo, foram cinco ouros e quato pratas, além do recorde mundial nos 50 metros costas, sua especialidade.

Vida ativa

O esporte faz parte da vida de Taneo, da infância aos dias atuais. \"Meu pai foi campeão de boxe e meu irmão (Tanei) tem uma academia de Taekwondo em Santos. Meu filho (Joe Campos) é campeão sul-americano de Taekwondo e já tenho uma netinha de 9 anos campeã brasileira na modalidade. A família toda é ligada ao esporte\", conta o nadador, formado em Educação Física na escola do próprio Corpo de Bombeiros, onde iniciou em 1958 e pelo qual participou de diversos torneios internos.

A rotina de exercícios se estende durante os sete dias da semana. De segunda a sábado, Taneo vai à academia, intercalando três dias de natação com outros três de musculação. \"Antes, dizia-se muito que nadador não devia fazer musculação porque o músculo ficava duro. Acho que isso não tem nada a ver e sou um exemplo disso. Acredito que uma (musculação) coisa completa a outra (natação)\", considera. E domingo é dia de descanso? Não. \"Vou para a praia correr, nadar e fazer exercícios na barra fixa\", conta, sorrindo.

Volta por cima

Mas apesar de hoje ser tão ativo e bem humorado, Taneo se encontrava em uma situação bem diferente 42 anos atrás. \"Estava mal, doente, cansado e usando óculos, com uma infecção brava, tomando antibiótico. Então a partir de 2 de janeiro de 1970, iniciei-me na alimentação macrobiótica. A primeira reação foi violenta. No começo fiquei mal, com feridas. Foi um negócio meio que de transformação. Mas depois de três meses, as coisas mudaram a ponto de eu tirar o óculos e nunca mais precisar dele novamente\", relembra.

\"Os mais jovens dizem que querem chegar na minha idade como eu. Mas tem um preço e pergunto se estão dispostos a pagar. É ter bons pensamentos, praticar exercícios e investir na alimentação natural. E se concentrar bastante na refeição. O corpo é a igreja da alma e a refeição um momento sagrado\", enfatiza.

Por: , em 2012-02-09

Fonte: http://www.boqnews.com/caderno_texto.php?sec=6&sub=63&cod=11510.

Receba nossos informativos

Nome :
E-mail:


Imagens ilustrativas. Para realizar pagamento, inclua o serviço no carrinho de compras para escolher a forma de pagamento.

IMMB Instituto Mente Mestre Brasil
CNPJ: 01.872.172/0001-18

Central de atendimento

Rancho Queimado SC (48) 4052 9209
São Paulo SP (11) 3522 6943
Florianópolis SC (48) 4052 9209
Plantão TIM (48) 9982 3401

e-mail: immb@motivacao.org


Cartões

Cartões de crédito

Boleto

Boleto

Débito online

Débito online


Todos os direitos reservados a IMMB - Instituto Mente Mestre Brasil

Desenvolvido por: ismaelMatias